sábado, dezembro 02, 2006

Os Celtas (I)
Os Celtas, surgiram na Europa Central em meados do II milénio a.C. Originários dos povos indo-europeus do continente asiático, na época do Bronze Tardio, espalharam-se por todo continente europeu a partir da Idade do ferro, onde predominaram durante centenas de anos antes da ascensão e conquista romana.
Apesar de se terem espalhado por longas distâncias e países diferentes, a cultura céltica nunca se fragmentou, estendendo a sua influência por todo o continente europeu, desde as ilhas britânicas até aos Balcãs e Anatólia.
Começaram a ocupar as margens do Danúbio e Sul da Alemanha a partir de 600 a.C.
A partir daí entre os séculos VI e III a.C., espalham-se por toda a Europa chegando à Turquia e à Ásia Menor.
O período de Hallstatt, originário na Alta Áustria, desenvolveu-se entre o os séculos VII e VI a.C., quando foram exploradas as primeiras jazidas de ferro, o que propiciou o aparecimento de armas de ferro e com estas o aparecimento de uma oligarquia constituída por forças militares, que se passou a estabelecer-se em povoações fortificadas.
A cultura de Hallstatt estendeu-se à Alemanha meridional e oriental, nordeste de França, sudoeste da Inglaterra e península Ibérica. A difusão da siderurgia, a arte decorativa geométrica, os ritos funerais de sepultamento e incineração, as fortificações e sobretudo o armamento de ferro, são os elementos mais representativos desse período.
Da evolução de Hallstatt e do contacto com os povos mediterrânicos nasceu a cultura La Tène, na Suiça, que se desenvolveu a partir do século V a.C. Por influência dos Gregos e Etruscos, passaram a elaborar novas formas artísticas, substituindo os motivos geométricos pelos florais, animais e humanos. A cerâmica aperfeiçoou-se com o aparecimento da roda de oleiro.
Em 700/600 a.C. os Celtas eram numerosos na Lorena e na Borgonha. Na era de La Tène a sua civilização atingiu as ilhas Britânicas e a Gália Central. No século V ocuparam a Armónia e o vale do Ródano e depois a Boémia. No século IV chegavam a Itália estabelecendo-se na região que viria a ser conhecida mais tarde como a Gália Cisalpina. Chegaram a Roma em 390 a.C.
No Leste da Europa ocuparam o noroeste da Hungria, sudoeste da Eslováquia e parte da Transilvânia.
Durante o século III a.C. a expansão celta alcançou a Macedónia a Anatólia onde fundaram o reino da Galácia. Expulsos dessa região, instalam-se nas terras da futura BulgáriaA expansão céltica foi detida pelo poderio romano. Deficitários de uma unidade política, a sua decadência prolongou-se até ao século I a.C., momento em que todas as tribos Celtas no continente foram vencidas e subjugadas pelos Romanos, mas nas ilhas britânicas, estes tiveram de para na Muralha de Adriano, conseguindo os Celtas da Irlanda e País de Gales preservarem toda a sua entidade cultural.
Os Celtas dominaram a Europa Central e Ocidental por milhares de anos, mas só mais recentemente a sua cultura influenciou a Europa. Na velha província romana, chamada Lusitânia, os Celtas entraram pelo Norte, Centro e Sul, vindo a dar origem aos nossos antepassados Celtibéricos.
(continua)

21 Comments:

Blogger Leonoretta said...

ola augusto.
apesar de saber mais ou menos o teu estilo de escolher temas para o teu blog surpreendes-me sempre. os celtas. formidavel. fiz um trabalho sobre eles na faculdade em historia e apaixonei-me por eles.
o druidismos é uma coisa fantastica e mais dificil do que as pessoas julgam.

abraço da leonoreta

6:52 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Esta história é-me familiar mas, talvez por isso, se torna mais interessante. Vou aqui ficar sentada esperando.

9:52 da manhã  
Blogger Mendes Ferreira said...

nada como aqui.


claro.


faltava a cultura celta.pelos teus olhos. atentos.

____________beijo.

10:00 da tarde  
Blogger a rasar o ceu said...

como não posso comentar na Rapariga quero dizer que:


a nova versão e preto ficou LINDA!

mágica.

absoluta.


os novos posts são "DIVINOS".


____________perder alguém? já perdi tanta gente tanta quase toda a que era...

________por isso guardo os que restam com a ternura da eternidade.
___________

tb por isso vos BEIJO. aos DOIS!!!!!



boa noite Augusto boa noite Tereza.

9:18 da tarde  
Blogger contradicoes said...

Quem nos dera nesse tempo
do uso da flecha e da espada
com todo este contratempo
o resolvia-mos isto à estalada

Com um abraço do Raul

9:41 da tarde  
Blogger Å®t_Øf_£övë said...

Augusto,
Vejo que voltaste aos temas de história para nos dares maravilhosas lições.
O povo Celta tem muito que se lhe diga, e é um tema muito interessante para ser abordado.
Abraço.

9:50 da tarde  
Blogger Josefa Pacheca Pereira said...

Para mim, blogue e bloguer do ano é:


Espero pela continuação. Bom dia.

10:12 da manhã  
Blogger alfazema said...

Gosto de passar pela tua casa amigo Augusto. Mais uma boa lição de história! Disseram-me, que os lusitanos eram celtiberos? Será verdade?Conta lá.Teriam surgido da ligação dos louros, esbeltos e brancos Celtas com os morenos, baixos e menos elegantes Iberos. Tira-me esta dúvida. Eles, os Lusitanos, também cantavam e dançavam ao som de flautas e trombetas. Seria já música celta?
Conta lá.
Beijinhos. Vai passando lá por casa. Eu farei o mesmo.

2:21 da tarde  
Blogger amadis / pintoribeiro said...

Excelente texto, Augusto. Um abraço,

10:21 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Olá,
É com prazer que releio por várias vezes estes posts. Vai-se sempre aprendendo algumas coisas. Dos Celtas o que mais me lembra são recordações que tenho das visitas à Galiza.
Quanto à observação da verdade e da mentira defacto agradeço pois relembra-me o quanto nos devemos desapeguar da dictomia e procurar no espectro que liga ambas aquilo com que nos identificamos. A moral normal tem-nos levado para os extremos e defacto à mais vida para além disso.
Abraço

11:25 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Apenas corrigir onde està à mais deve ler-se há mais.
;-)

11:26 da manhã  
Blogger Passaro Azul said...

Como continua a ser sempre fantástico ler os teus textos!
Parabéns por tão fantástico percorrer nas páginas da nossa História.
O meu abraço carinhoso de sempre.

12:31 da manhã  
Blogger pianola / Sonia R. said...

Não gosto do Natal com férias no Brasil, idosos abandonados nos corredores dos hospitais, gente a dormir na rua. Bom dia.

9:00 da manhã  
Blogger A Sonhadora said...

Olá Augusto, boa tarde....
Gostei de ler mais este teu tema, mto interessante.
Obrigada pela visitinha e desejo-te um fds em beleza...hoje um pouco mais cedo
Um abraço da sonhadora

3:24 da tarde  
Blogger Peter said...

Augusto, aprendi bastante. Só uma pergunta e é na última linha:

"celtibero" - Povo formado pela junção dos celtas com os iberos;

ou "Celtibérico" (como consta no texto, por certo "gralha"), que é relativo aos celtiberos?

Abraço

4:32 da tarde  
Blogger legivel said...

... esperemos o que nos tens para nos contar sobre a entrada desses senhores na velha provincia Lusitânia.

abraço e um óptimo fim-de-semana!

9:52 da tarde  
Blogger JG said...

Fico à espera da continuação. Excelente post. Um abraço e bom fim de semana. Eu vou sair por aí para me isolar a ler.

2:02 da manhã  
Blogger Å®t_Øf_£övë said...

Augusto,
Vim ver se havia novidades. Deixo-te um abraço, e o desejo de um bom fds.

10:54 da tarde  
Blogger martelo said...

confirma-se não só o interesse pela história como pelo valor que ela representa; e muito trabalho de investigação; parabens.

11:19 da tarde  
Blogger Ulysses said...

Muito interessante!
Um abraço

9:49 da tarde  
Blogger 日月神教-向左使 said...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,a片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,性愛

12:06 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home