domingo, janeiro 04, 2009

Um Homem Novo


A esperança de um Homem Novo para o Novo Ano, falo do homem essencial e não do homem capitalista, homem comunista, homem socialista, homem fascista, homem religiosos, homem ateu etc. porque o que se define para o essencial, ser imutável na diversidade. Assim, o que for requerido para consubstanciar a essência deverá ser o mesmo para do que dela deriva.
Se libertarmos do peso da escolha entre: o bem e o mal, o certo e o errado, a afabilidade e a arrogância, a tolerância e a intolerância, a benemerência e a cupidez, etc. tudo aquilo que lhe define o carácter e molda o ego, estaremos perante o homem essencial que, sem ser guiado pelas paixões, só a dignidade reconhecida pelos outros o satisfaz, onde a interacção que se pauta pelo respeito mútuo, o leva a valorizar o semelhante.
O Homem Novo deve assentar a sua acção na dignidade, no respeito e na valorização do seu semelhante, só liberto das paixões conseguirá atingir a harmonia desejada. Todos temos o direito de ser Buda.

22 Comments:

Blogger Mariz said...

Salvé!
Que não enhamos ambições demasiadas em atingir o estado búdico de uma assentada...pois que ele é o mais Alto! Ainda somos muito probacionários para isso ou até aprendizes...
Que o Ano de 2009 nos ajude a dar mais um salto quântico, porque de facto, a palavra de ordem para nosso melhoramento passa sim, pelo controle das emoçoes...eu aí, tenho de me esforçar ao máximo, porque ando muito pieguinhas ultimamente, nem sei bem porquê...se calhar com saudades de CASA já...pelo que me vem sendo "dito", que devo olhar mais para "MIM"! - voz silenciosa.
Que o ano 2009 seja então mais uma etapa a ser conseguida...
Bem Haja

Mariz

2:04 da manhã  
Blogger Mariz said...

errata: "tenhamos"
Este teclado faz-me passar "vergonhas".
Mas eu sei escrever...juro!

Mariz

2:04 da manhã  
Blogger Carlos Barros said...

O Homem novo, ainda está para chegar...

Abraço Bom ano para ti

8:14 da tarde  
Blogger zecatelhado said...

Pois! Viva a Utopia... SEMPRE!
Aquele @bração
Zecatelhado

4:45 da tarde  
Blogger Maria de Fátima said...

vai lá dar uma forcinha
http://intervalos.blogspot.com/2009/01/convite.html

11:39 da manhã  
Blogger Leonor said...

ola augusto
o homem novo - o dos filosofos - é coisa dificil de se alcançar. muitos morrem sem o ter conseguido.será ainda preciso muito tempo para la chegarmos.
beijinhos

7:59 da tarde  
Blogger contradicoes said...

Meu caro Augusto. Deixei-te um desafio no congeminações. Desculpa lá o mau jeito. Um abraço
Raul

6:46 da tarde  
Blogger AJB - martelo said...

noto um certo abrandamento... um abraço

http://caixadepregos.wordpress.com/

9:37 da tarde  
Blogger Passaro Azul said...

Encontrei-te de novo!
Não é utopia, é mesmo verdade!
Fiquei feliz por te ler e reencontrar.
Que tu e todos os teus estejam bem.
Abraço-vos a todos com as minhas asas cada dia mais azuis.

10:23 da tarde  
Blogger Å®t Øf £övë said...

Augusto,
A verdade é que este novo ano nos trouxe ainda menos homens novos nesse conceito que tão bem defines.
Abraço.

9:47 da tarde  
Blogger Maria de Fátima said...

Viva!
Gostava de recolher opiniões sobre este texto
agradeço e desejo um bom domingo

2:18 da tarde  
Blogger Vox Maris said...

Gosta de música coral e sacra ?

Venha assistir ao concerto do dia 15 de Março às 16h no Salão Paroquial da Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Lisboa. Entrada livre.

Para mais informação, consulte o blogue do coro VOX MARIS.

7:40 da tarde  
Blogger Å®t Øf £övë said...

Augusto,
Venho deixar-te um forte abraço.

9:26 da tarde  
Blogger jardinsdeLaura said...

Se a esperança nunca morrer haverá sempre uma hipótese, por mínima que seja, de incarnarmos esse homem novo, despido de paixões e em harmonia com o Mundo! Poderá ser missão muito difícil mas não é impossível! O que é preciso é acreditar!

9:42 da tarde  
Blogger Carlos Barros said...

OLá caro Augusto, desculpa só aparecer nestas alturas...mas aqui fica

A Fronteira do Caos Editores e o autor convidam Vossa Excelência para a sessão de lançamento do livro, O Ladrão de Livros da autoria de Carlos J. Barros, a ter lugar no próximo dia 25 de Abril pelas 18 horas, na Livraria Alêtheia. A apresentação pública do livro será da responsabilidade de Paulino Coelho.

Abraço e lá te espero

3:15 da tarde  
Blogger Å®t Øf £övë said...

Augusto,
Como nunca me esqueço de ti, vim deixar-te um forte abraço.

10:31 da tarde  
Blogger Å®t Øf £övë said...

Augusto,
A renovação desse homem passa por abandonar a blogosfera???

:)

Abraço.

11:24 da tarde  
Blogger oasis dossonhos said...

Olá, Augusto!
Há quanto tempo não te visitava!...
Desejo-te um 2010 com muita saúde e muitos sonhos realizados.
Abração
Luís

5:08 da tarde  
Blogger Paulo Sempre said...

Abraço.

5:00 da tarde  
Blogger Paulo Sempre said...

FELIZ 2012

Paulo

5:03 da tarde  
Blogger Dad said...

Olá Augusto, viva!
Venho desejar-te um bom ano 2012!
Que tudo corra o melhor possível, apesar das visões serem negras...

Beijinho,

10:27 da manhã  
Blogger Paulo said...

Interessante!!

11:59 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home